Sobre

banner-sobre

Era o ano de 1999, eu ainda acadêmica de fisioterapia da primeira turma de Fisioterapia da Universidade de Santo Amaro – UNISA, fui convidada pelo Prof. Sergio Mingrone à participar de um audacioso projeto que era a implantação do serviço de fisioterapia na emergência do Hospital Geral do Grajaú.

Com a confiabilidade que tenho no Prof. Sergio Mingrone e o conhecimento do seu espírito empreendedor e sempre à frente de tudo e de todos, logo percebi que aquele seria mais um projeto de sucesso, mas sinceramente não imaginava o que este representaria para minha vida.

Fui apresentada à Profa. Rosana Possetti que seria a orientadora do projeto e convidamos o então colega de turma João Puerro Neto (hoje Prof. assim como eu) para desenvolvermos juntos o que seria os primeiros passos da “Fisioterapia em Emergência”. A Profa. Rosana que sempre nos estimulou, apoiou e é hoje a coordenadora da Residência Multidisciplinar em Emergência e Trauma, foi a grande responsável pelo sucesso do nosso trabalho como acadêmicos sedentos pelo saber no cenário prático.

Foram quase 18 meses de trabalho onde ficávamos de plantão no Pronto – Socorro trilhando nosso caminho, desbravando e inserindo o papel da fisioterapia no atendimento inicial ao paciente na emergência.

Hoje passados 17 anos, muitas foram as conquistas e muitas ainda existirão, o que fica é certeza que se não fosse a oportunidade dada pelo Prof. Sérgio Mingrone, sua capacidade de ver sempre além, sua indiscutível leitura do ser humano e suas facetas, seu amor pela fisioterapia desbravadora, essa possibilidade não teria acontecido.


Apresento-lhes um rápido retrospecto:

  • 1999: Inserção da Fisioterapia em um Serviço de Emergência
  • 2000: Primeiro trabalho publicado sobre a Inserção do Serviço de Fisioterapia em Emergência
  • 2001: Primeiro estágio obrigatório de graduação em Fisioterapia em Emergência
  • 2003: Primeira Monitoria de Graduação em Fisioterapia em Emergência
  • 2005: Primeiros Protocolos de Fisioterapia em Emergência
  • 2006: Cobertura de 24 horas do Serviço de Fisioterapia na Emergência
  • 2008: Já haviam mais de 12 trabalhos de Conclusão de Curso desenvolvidos
  • 2012: Apresentação no Congresso de Medicina de Emergência – 3º Lugar
  • 2014: Primeira Residência para Fisioterapeutas em Emergência e Trauma
  • 2016: Lançamento do Livro “Fisioterapia em Emergência”

Hoje contamos com Serviços de Reconhecimento Nacional e Internacional como o Hospital Albert Einstein em São Paulo com um Serviço de Fisioterapia em Emergência, além de muitos hospitais Públicos com este profissional atuando de maneira determinante nas Emergências pelo Brasil a fora.

Espero que este site possa contribuir para que nós FISIOTERAPEUTAS possamos encontrar um meio de informação participativa para o crescimento de todos e da nossa profissão.
Conto com vocês.